Menor preço do boi magro deve incentivar confinamento neste ano

boi magro 14 3 19
Mercado prevê maior número de bovinos em confinamento em 2019 – Fabiano Bastos/Embrapa 

O preço do boi magro neste ano está inferior ao observado em 2018. Segundo levantamento do Cepea, considerando-se quatro praças paulistas (Araçatuba, Bauru/Marília, Presidente Prudente e São José do Rio Preto), o preço médio do boi magro está em R$ 2.011,08/cabeça nesta parcial de março, 1,47% inferior ao de março de 2018, em termos reais – valores deflacionados pelo IGP-DI de jan/19. No geral, o animal tem sido negociado entre R$ 1.893,92 e R$ 2.263,27 neste mês, dependendo da região.

Considerando o primeiro trimestre deste ano, a média do boi magro está em R$ 1.955,73, contra R$ 2.023,42 no mesmo período de 2018, ou seja, queda de 3,34%, em termos reais.

Conforme colaboradores do Cepea, os preços em patamares inferiores aos verificados no ano passado tendem a estimular pecuaristas a aumentar o número de animais que devem ser terminados em sistema de confinamento em 2019.

Além disso, os valores de importantes insumos da alimentação, como farelo de soja e milho, também estão inferiores aos observados no ano passado, em termos reais, favorecendo o confinador.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: