Mapa e ABPA definem ações de prevenção à peste suína africana

abpa abpa
ABPA e Mapa vão criar grupo de avaliação de risco da doença – ABPA/Divulgação

O Brasil criará um grupo de trabalho de avaliação de riscos de peste suína africana (PSA) e promoverá treinamentos para a iniciativa privada e o setor público voltados à prevenção da doença. As medidas foram definidas nesta terça-feira (16), em São Paulo, por representantes da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), durante reunião conjunta das câmaras de Sanidade e de Genética Avícola.

O encontro contou com a participação do presidente da ABPA, Francisco Turra, do diretor do Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários do Mapa, Geraldo Marcos de Moraes, e do diretor técnico, Rui Vargas, além de membros da diretoria de empresas associadas. Eles debateram e traçaram estratégias conjuntas para a prevenção da PSA.

A PSA, lembra a ABPA, tem causado grandes estragos na Ásia.  Apenas na China, que detém metade do rebanho mundial de carne suína, até 30% da produção deve ser afetada, conforme projeções do Rabobank.

“Avançamos em pontos importantes para harmonizar entendimentos na estratégia de prevenção à peste suína africana.  O Brasil é livre da doença e quer reforçar sua blindagem sanitária para fortalecer ainda mais sua posição como porto seguro para o fornecimento de carne suína”, enfatizou Turra.

Recentemente, a ABPA criou o Grupo Especial de Prevenção à Peste Suína Africana (GEPESA), que contará com a participação de representações regionais do setor produtivo e de órgãos de pesquisa atuantes na suinocultura nacional.

O grupo avaliará estratégias adotadas internamente e analisará erros e acertos cometidos por países que enfrentaram o problema, sob a perspectiva de atuação do setor privado.

Peste suína clássica

Durante a reunião, também foram discutidas ações de erradicação da peste suína clássica (PSC) nos estados que não estão na área livre da enfermidade, de acordo a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima ainda enfrentam problemas com a doença.

No mês passado, o Mapa anunciou que lançará, até junho, um programa que visa erradicar a PSC nesses estados.

Da ABPA

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: