Congresso da Aviação Agrícola do Brasil 2019 é lançado na Agrishow

congresso aviacao agricola sertaoziho 30 4 19

O Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) lançará nessa quinta-feira (2), durante a 26ª Agrishow, em Ribeirão Preto/SP, o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil, que ocorrerá de 30 de julho a 1º de agosto, na vizinha Sertãozinho. O lançamento terá a participação de fabricantes de aeronaves (a brasileira Embraer e a norte-americana Air Tractor) e outros parceiros que estão também na Agrishow, além de empresários, pilotos e outros profissionais ligados ao setor aeroagrícola e representantes.

O Sindag, que realiza a feira aeroagrícola, estará representado pelo seu diretor-executivo, Gabriel Colle, e o município de Sertãozinho pelo seu secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Roberto Gallo. O lançamento será no espaço do Sindag na Agrishow, junto ao estande da DP Aviação Agrícola – na Rua da Aviação, próximo à Entrada Sul do Parque da Agrishow – veja AQUI a localização (símbolo do Sindag no mapa).

O sindicato aeroagrícola também participa da Agrishow até sexta, demonstrando o projeto Aviação Agrícola 360°, por meio do qual os visitantes fazem uma verdadeira imersão em uma operação sobre lavoura. Com a ajuda de óculos de realidade virtual o público pode acompanhar todos os passos, desde o briefing na sala dos pilotos até a preparação do avião e o voo sobre a plantação. O foco é mostrar ao público a eficiência da ferramenta aérea e sua segurança tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente.

Importância

O Congresso da Aviação Agrícola é um dos maiores do setor no mundo e o mais importante do Brasil. A edição 2019 ocorrerá no Centro de Eventos Zanini, na zona oeste de Sertãozinho – na Região Metropolitana de Ribeirão Preto. A programação terá cerca de 30 palestras e debates sobre inovações técnicas, demandas, perspectivas e do setor, nos três auditórios da feira. Além disso, serão mais de 100 expositores de aeronaves, serviços e tecnologias embarcadas, sem falar nas demonstrações aéreas de aviões e drones.

O evento deste ano acompanha o embalo do crescimento de quase 4% na frota do setor, segundo levantamento feito no início do ano junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Especialmente em São Paulo, a ferramenta aérea é essencial no cultivo da cana-de-açúcar, soja e milho, além de ser importante na produção de cítricos, banana e outros produtos.

A aviação também é a única ferramenta para o trato de lavouras com regulamentação própria (e extensa) e com maior exigência de pessoal tecnicamente qualificado – pilotos, agrônomos e técnicos agrícolas com especialização. Por isso mesmo também é a mais facilmente fiscalizável e a que mais investe em ações de boas práticas.

O Brasil tem cerca de 2,2 mil aeronaves atuando em lavouras, e São Paulo está em terceiro no ranking nacional, com 317 aviões e helicópteros agrícolas. Além disso, o país tem uma das melhores e a segunda maior frota aeroagrícola do planeta, perdendo apenas para os Estados Unidos – que tem cerca de 3,6 mil aeronaves.

Do Sindag

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: