ABIARROZ: Abertura do mercado do México reforça estratégia do Brasil de ampliar exportações de arroz

arroz beneficiado 13 5 19
Arroz brasileiro também quer chegar à Colômbia e à China – IRGA/Gov/RS

A abertura do mercado mexicano ao arroz beneficiado brasileiro, anunciada nesse sábado (11) pela ministra Tereza Cristina (Agricultura), vai além da possibilidade de negócios entre os dois mercados. A conclusão das tratativas entre Brasil e México também é uma sinalização positiva para outros países, como a Colômbia e China, com os quais a Associação Brasileira da Indústria do Arroz (ABIARROZ) está em negociação.

A avaliação é de Mário Pegorer, diretor do projeto Brazilian Rice – iniciativa desenvolvida pela ABIARROZ em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Segundo ele, o Brasil não só passa a ter um novo espaço para negociar o arroz beneficiado como reforça a “agenda de possibilidades futuras em outros mercados, dentro da estratégia de ampliar as exportações do produto”.

O interesse do Brasil em exportar arroz beneficiado para o México começou em 2012. À época, o país foi indicado como mercado potencial para o produto brasileiro em um estudo de inteligência comercial realizado pela Apex-Brasil, por meio de convênio firmado com a ABIARROZ. Em 2013, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) passou a apoiar as negociações com os mexicanos.

“A partir de 2017, quando a servidora do Mapa Bivanilda Tápias assumiu o cargo de adida agrícola no México, as tratativas se intensificaram ainda mais”, lembra a diretora-executiva da ABIARROZ, Andressa Silva. Em 2018, acrescenta, surgiu a proposta de abertura daquele mercado ao arroz beneficiado brasileiro em troca do feijão mexicano.

Neste ano, pouco depois de assumir, a ministra Tereza Cristina incluiu entre as prioridades do Mapa a abertura do mercado mexicano ao arroz beneficiado brasileiro. Como parte desse esforço, a ABIARROZ convidou o Grupo Schettino, um dos principais importadores do produto no México, para participar de rodada de negociação na APAS Show – maior feira do setor supermercadista do Brasil –, no último dia 7, em São Paulo.

“Foi uma negociação exitosa com a ampla participação da cadeia produtiva orizícola”, assinala Mário Pegorer, destacando que o México importa 80% do arroz que consome, o que representa um mercado promissor para o arroz beneficiado brasileiro.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: