Avanço externo e alta do dólar elevam preços do café no Brasil

cafe paulo lanzetta embrapa 8 3 19
Mercado do grão volta a ficar aquecido, conforme o Cepea – Paulo Lanzetta/Embrapa

O avanço dos preços externos e a valorização do dólar elevaram em alguns dias as cotações internas do arábica e do robusta. Esse cenário, aliado à necessidade de produtores consultados pelo Cepea em fazer caixa para realização da colheita, fez com que negócios pontuais ocorressem nos últimos dias tanto no spot quanto para entrega futura (em 2020 e 2021).

Na terça-feira (21), o Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 389,37 /saca de 60 kg, alta de 1,5% em relação à terça anterior, 14. Quanto ao robusta, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 fechou a R$ 281,26/sc de 60 kg, avanço de 1,8% em relação à terça anterior (14).

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta