Senador cearense é contra legalização de jogos de azar

senador girao jefferson rudy ag senado
Girão diz que liberação dos jogos incentivará o vício dos apostadores – Jefferson Rudy/Ag. Senado

Embora possa gerar milhares de empregos e atrair investimentos num país em que a economia está estagnada, como destacou o site Repórter Brasília, do jornalista Edgar Lisboa, a legalização de azar encontra resistências na sociedade brasileiro. No Congresso Nacional, um dos porta-vozes da manutenção do monopólio estatal dos jogos no Brasil é o senador Eduardo Girão (Pode-CE).

Nesta segunda-feira (3), o parlamentar cearense foi à tribunal para marcar posição contra a liberação dos jogos de azar no país. Segundo ele, o fim do monopólio da Caixa Econômica Federal nos jogos pode trazer prejuízos aos apostadores.

Defensores da liberação de apostas e do funcionamento de cassinos calculam que o país poderá arrecadar R$ 15 bilhões ao ano em tributos com a legalização dos jogos.

Corrupção

No entanto, enfatizou Girão da tribuna, o economista Ricardo Gazel diz que a liberação dos jogos de azar vai gerar gastos de R$ 4,5 bilhões para o tratamento do vício.

O senador também alertou que os jogos de azar podem prejudicar as ações de combate à corrupção. “O Brasil vive um momento de limpeza, um momento que o cerco está se fechando para a lavagem de dinheiro, corrupção, evasão de divisas.”

De acordo com o parlamentar, a liberação da jogatina no Brasil abre outras janelas nesse aspecto. “Isso é dito inclusive pela própria Polícia Federal e Ministério Público, que mostram que o Brasil não tem condições de fiscalizar a liberação da jogatina.”

Ele ainda questionou a informação de que a liberação dos jogos de azar vai gerar empregos. Na sua opinião, os postos de trabalho criados vão apenas compensar aqueles que deixarão de existir como consequência da redução dos gastos em outros setores, motivada pela destinação da renda para as apostas.

Então, pela lógica do senador, é preferível não recuperar os milhares de postos de trabalho perdidos nos últimos anos, mantendo um exército de mais de 13 milhões de desempregados Brasil afora, a legalizar as apostas.

Enquanto isso, o jogo ilegal corre solto nas ruas, praças e endereços requintados de todo país. O senador parece desconhecer que clandestinidade dos jogos é que contribui para lavagem de dinheiro, corrupção – principalmente a policial – e evasão de divisas.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: