Syngenta apoia ONU no combate à discriminação contra gays e lésbicas

bandeira_lgbt_0
Agência Brasil

A multinacional Syngenta divulgou, nesta sexta-feira (14), nota de apoio às medidas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) contra a discriminação de gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e intersexuais nos locais de trabalho e nas comunicadas nas quais vivam. É uma decisão inédita entre as gigantes do agronegócio.

Abaixo a nota da Syngenta:

A Syngenta tem o orgulho de anunciar seu apoio aos Padrões de Conduta Empresarial da Organização das Nações Unidas (ONU) que visam ajudar a combater a discriminação de pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais (LGBTI) no local de trabalho e na comunidade.

“Como uma empresa global que opera em quase 100 países, temos o prazer de reafirmar nosso compromisso de criar um ambiente em que todos os funcionários sejam apoiados e possam ser eles mesmos. Também temos clientes e parceiros muito diversos e o endosso a esses Padrões mostra a importância que atribuímos à promoção de uma cultura de respeito e inclusão”, afirma Erik Fyrwald, CEO global da Syngenta.

“A Syngenta é uma das mais de 250 primeiras apoiadoras dos Padrões Globais LGBTI da ONU para Empresas. O setor privado tem um papel crucial a desempenhar no respeito e apoio aos direitos humanos das pessoas LGBTI. O apoio da Syngenta envia um poderoso sinal para os setores agrícolas, de inovação, entre outros”, complementa Fabrice Houdart, Líder de Direitos Humanos da ONU e co-autor dos Padrões.

Tais Padrões, estruturados por meio de cinco princípios, fornecem um direcionamento para as empresas combaterem a discriminação e apoiarem a implementação de políticas e práticas inclusivas. Além disso, os Padrões incentivam as companhias signatárias a prevenir a discriminação de parceiros comerciais LGBTI e incentivar os fornecedores a fazer o mesmo.

Laura Roberts, Diretora global de Recursos Humanos da Syngenta, afirma que “a Syngenta está empenhada em defender uma inclusão mais ampla dentro e fora da empresa, e a discriminação LGBTI, ou qualquer outro tipo de discriminação, não tem lugar em nossa cultura”.

Saiba mais sobre os Padrões Globais LGBTI de Conduta Empresarial da ONU aqui.”

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: