Farsul reinstala comissão do leite; movimento de produtores participa

comissao leite farsul
Foto: Farsul/Divulgação

Da redação/AGROemDIA*

 Os produtores de leite voltaram a ter uma estrutura de representação na Farsul. Nesta semana, a federação reinstalou a comissão de leite. Entre as primeiras ações do colegiado, estão a análise da destinação dos impostos pagos pelos produtores e dos investimentos dos recursos do Fundoleite, além do debate sobre a metodologia usada pelo Conseleite para calcular o preço de referência, a fim dar mais transparência a esse processo.

O coordenador da comissão de leite da Farsul é Leonel da Fonseca, do Sindicato Rural de Pelotas. O subcoordenador é Sérgio Munari, do Sindicato Rural do Vale do Paranhana.

O produtor Joel Dalcin, do município de Doutor Maurício Cardoso, no noroeste do RS, representou o Movimento Construindo Leite Brasil na reunião de reinstalação do colegiado, realizada nos dias 25 e 26 de junho. O secretário-geral da Fetag-RS, Pedrinho Signor, também participou do encontro.

Leonel Fonseca destacou que o setor precisa da parceria da Farsul e dos demais sindicatos rurais para fortalecer as suas reivindicações. “Temos que ter gente que viva o dia a dia de uma propriedade e que o principal negócio seja leite. Vamos agregar outros sindicatos. Todos estão convidados para que indiquem seus representantes para ter representatividade maior da cadeia leite no estado.”

 A expectativa é que a comissão seja mais uma ferramenta em defesa da causa dos produtores de leite – Joel Dalcin, do Movimento Construindo Leite Brasil

Na avaliação de Joel Dalcin, a reunião de reinstalação da comissão do leite foi muito positiva. “Foram tratados diversos assuntos e houve uma boa troca de experiências e ideias. A gente tem uma grande expectativa de que a comissão seja mais uma ferramenta em defesa da causa dos produtores de leite perante o Conseleite e o governo do estado para vermos nossas reivindicações atendidas.”

Os encontros da comissão serão mensais, nas mesmas datas das reuniões do Conseleite, como ocorreu no dia 25 do mês passado. Na ocasião, o conselho divulgou o valor de referência projetado para junho, de R$ 1,1297 o litro, 4,14% a menos do que o consolidado de maio, R$ 1,1784. Conforme o professor da UPF (Universidade de Passo Fundo) Eduardo Finamore, o resultado reflete a queda do leite UHT (-3,27%), do leite em pó (-1,16%) e do queijo mussarela (-4,57%) no mês.

*Com informações da Farsul

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta