Brasil autoriza importação de uva e alho do Egito

tereza cristina 15 9 19
Foto: Mapa/Divulgação

Após o Egito abrir o mercado para os produtos lácteos brasileiros, o Brasil vai iniciar o processo de importação de uva e alho egípcios. A decisão foi anunciada neste domingo 15 pela ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), durante reunião com o ministro da Agricultura e Recuperação de Terras do Egito, Ezz el-Din Abu Steit, no Cairo.

Outros temas do encontro foram a importação de laranjas pelo Brasil e o envio de caprinos e ovinos para o Egito, medida que pode beneficiar o Nordeste brasileiro, onde há um centro avançado de pesquisas da Embrapa sobre a atividade, localizado em Sobral (CE). Os ministros trataram ainda da equivalência de normas consulares e certificados sanitários.

“Durante muitos anos ficamos fechados. Agora o Brasil agora pressa por essa abertura [de mercado]”, disse a ministra.

O ministro Ezz el-Din Abu Steit elogiou os avanços alcançados até agora e afirmou que alguns acordos não foram fechados por exigirem mais discussão. Conforme Steit, o Egito tem a intenção de aumentar as importações de produtos agropecuários brasileiros e fortalecer a parceria na área de pesquisa.

Os dois países estão revisando protocolo de parceria entre a Embrapa e o Centro de Pesquisas do Egito.

Entre os dias 11 e 23 de setembro, a ministra Tereza Cristina visitará quatros países do Oriente Médio: Egito, Arábia Saudita, Kuwait e os Emirados Árabes Unidos.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: