Soja: Vendedores se retraem e aumenta disparidade entre ofertas e pedidos de compra

soja graos 25 1 19 elio rizzo
Foto: Elio Rizzo/AGROemDIA

A dificuldade em avançar com o semeio de soja no Brasil e as incertezas quanto à relação comercial entre os Estados Unidos e a China deixam agricultores consultados pelo Cepea afastados das negociações no spot e também para a safra 2019/20.

Compradores, por sua vez, estão mais ativos, especialmente para fechar contratos a termo, visando o recebimento no primeiro trimestre de 2020. Para curto prazo, houve demanda de lotes pequenos, apenas para completar cargas de exportação, cenário que elevou a disparidade entre as ofertas de venda e os pedidos de compra.

Entre 20 e 27 de setembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) registrou leve queda de 0,3%, indo a R$ 86,61 no dia 27. Já o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná subiu 0,1%, a R$ 80,91/sc de 60 kg na sexta-feira.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: