Polícia Civil fecha estabelecimentos que vendiam carne imprópria no RS

carne clandestina policia civil rs
Foto: Polícia Civil/RS/Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul interditou, nesta terça-feira 12, três frigoríficos nos municípios de Parobé e Taquara, no Vale do Paranhana, por suspeita de venda de carne imprópria para o consumo. Segundo a investigação, pelo menos um dos estabelecimentos teria comprado carne roubada e beneficiado animais que já chegavam mortos ao abatedouro.

A operação que desarticulou o esquema foi coordenada pela Delegacia de Combater ao Abigeato e Crimes Rurais. A Polícia Civil cumpriu 15 mandados de busca e apreensão. Entre os alvos, estavam mercados e estabelecimentos comerciais que compravam a carne roubada.

O médico infectologista da Ulbra Cláudio Marcel Stadnik disse ao site Gaúcha/ZH que a carne imprópria representa sérios riscos à saúde dos consumidores. “Assim como a carne é rica em proteínas e muito bom alimento para nós seres humanos, também é muito bom alimento para as bactérias, os vírus e os protozoários. Então, imediatamente, a partir do abate, a partir da morte, começa o processo de apodrecimento.”

 

Ainda conforme o Gaúcha/ZH, o médico ressaltou que a carne beneficiada algumas horas após a morte do animal, como é a suspeita investigada pela polícia, pode causar desde infecções intestinais e até mesmo problemas cerebrais. Uma das suspeitas da investigação, assinala o site, é que as rezes morriam durante o transporte nos caminhões boiadeiros.

Porto Alegre

Em outra operação, em Porto Alegre, a Polícia Civil também interditou estabelecimentos que comercializavam carnes sem procedência. Foram fechados por policiais civis um açougue e um entreposto de carnes, localizados no bairro Santa Tereza.

Segundo nota da Polícia Civil gaúcha, esses estabelecimentos fracionavam, armazenavam e comercializavam carnes clandestinas de bovinos, suínos e ovelhas, além de embutidos. Dois homens foram presos em flagrante na ação policial.

A operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor, com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SMDE-SIMPOA) e Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Sanitária – Equipe de Vigilância de Alimentos (EVA) de Porto Alegre/RS.

Da redação, com Gaúcha/ZH e Polícia Civil/RS

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: