Morre aos 57 anos o locutor Asa Branca, a voz dos rodeios

asabranca reproducao instagram
Asa Branco, ícone da locução nos rodeios brasileiros – Reprodução/Instagram

O locutor de rodeios Asa Branca, morreu aos 57 anos nesta terça-feira 4, no Instituto do Câncer, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer na boca desde 2017. A mulher dele, Sandra Santos, informou que ainda não sabe onde será o velório, mas o corpo será sepultado em Turiuba, no interior de SP, cidade natal do locutor.

Asa Branca passou por várias internações recentes, sendo a última no dia 25 de janeiro, quando a família alugou uma ambulância para transportá-lo do interior de SP para a capital paulista.

Segundo o Instituto do Câncer, o horário do óbito foi às 14h30 desta terça-feira.

Waldemar Ruy dos Santos, o Asa Branca, também era portador do vírus HIV, doença descoberta em 2007.

Lenda dos rodeios

O locutor foi um ícone no mundo dos rodeios por criar um novo estilo de narração. Ele revolucionou as apresentações no final dos anos 1980 ao incrementar a locução a partir de um microfone sem fio, algo inédito para época.

Asa Branca aproveitou a evolução tecnológica para dar ainda mais ênfase ao famoso “segura, peão”, criado por José Antônio de Souza, o Zé do Prato, outro grande nome da locução de rodeios e que morreu em 1992.

“Ah, este é do Zé do Prato, conhecidíssimo. Eu só estiquei um pouco mais: ‘seguuuuura peãããão’”, relembrou em entrevista ao G1 Campinas e Região, em 2018.

A partir disso, o rei de versos e jargões e da potente voz inconfundível começou a fazer história nos rodeios Brasil afora.

“O Brasil tem ótimos locutores e me sinto orgulhoso quando me dizem que fiz escola. Me falam, ‘olha lá, Asa, está te imitando’. Eu respondo que isso é ótimo, é sinal que sou uma referência”, afirmou.

*Com informações do G1

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: