Com demanda fraca, preços da carne suína e do animal vive seguem em queda

carne suina embrapa
Foto: Embrapa

Os preços da carne suína e do animal vivo seguem em queda no mercado interno, de acordo com dados divulgado pelo Cepea nesta quinta-feira 6. Com a demanda doméstica por carne enfraquecida, as cotações têm recuado consecutivamente desde o início do ano. Outro fator que tem pressionado as cotações são os altos preços dos insumos (milho e farelo de soja), o que leva produtores a escoarem os animais.

No oeste de Santa Catarina, o suíno vivo comercializado no mercado independente se desvalorizou 5,5% entre 29 de janeiro e 5 de fevereiro, com média de R$ 4,84/kg nessa quarta-feira 5.

Quanto às carcaças negociadas no atacado da Grande São Paulo, houve queda de 5,1% para a especial e de 7,2% para a comum em sete dias, com os produtos cotados a R$ 7,54/kg e a R$ 7,14/kg, respectivamente.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: