Programa seleciona técnicos para atuar na zona rural da Paraíba e Pernambuco

Foto: Adilson Nóbrega/Embrapa

Estão abertas, até dia 17 deste mês, as inscrições para seleção de técnicos de nível superior e médio para atuação na região da bacia leiteira caprina, entre os estados da Paraíba e Pernambuco, pelo programa Inovasocial (BNDES/Embrapa/Fundação Eliseu Alves). Os profissionais trabalharão no apoio a atividades de produção, beneficiamento e comercialização de derivados do leite de cabra nos territórios do Cariri Oriental e Ocidental, na Paraíba; Sertão do Pajeú, Sertão do Moxotó, Agreste Central e Agreste Meridional, em Pernambuco.

O edital prevê a contratação de cinco técnicos, sendo três de nível superior (um para a função de assessor de projeto e dois para técnicos de campo) e dois profissionais de nível médio ou superior para atuação como técnico de laticínio, todos com jornada de 40 horas semanais. Todos os selecionados terão contratos semestrais, com prorrogação de até 33 meses.

A vaga de assessor de projeto, para trabalho em Campina Grande (PB), requer nível superior nas áreas de ciências agrárias, administração de empresas ou engenharia de produção, desejável pós-graduação e remuneração bruta de R$ 4 mil. Este profissional será responsável por atividades de implantação, acompanhamento e monitoramento de projeto de inovação em rede com âmbito nos territórios.

Das vagas de técnicos de campo, uma requer graduação completa em zootecnia, para atuação em Monteiro (PB), Sumé (PB), Pesqueira (PE) e outros municípios de abrangência do programa nos dois estados. A outra vaga é voltada para medicina veterinária, com perspectiva de atuação nestes mesmos municípios. Ambos terão remuneração bruta de R$ 3.300. Estes dois profissionais devem ter experiência em caprinocultura, ações sociais com agricultores de base familiar, extensão rural e com aplicação e sistematização de questionários.

As outras duas vagas, para técnico de laticínio, exigem pelo menos nível médio completo, com experiência mínima de seis meses em indústrias lácteas. Estes profissionais atuarão nas unidades de beneficiamento de leite caprino e seus derivados, com objetivo de implantar processos de fabricação. A remuneração bruta prevista é R$ 2.900.

A seleção dos profissionais para o programa constará de análise de currículo e entrevista, segundo o calendário previsto no Edital nº 03/2020, que pode ser acessado clicando aqui: https://drive.google.com/open?id=1ZRzpFlpekMYT9hJJtp7GaTYuiwDLo5r5

Programa Inovasocial

O Programa de Apoio à Inovação Social e ao Desenvolvimento Territorial Sustentável (Inovasocial), parceria do BNDES e Embrapa, é voltado para a construção de inovações sociais que permitam o fortalecimento de redes de agricultores familiares que trabalhem com caprinos, ovinos ou sementes agroecológicas. Por meio de diferentes projetos componentes, a abrangência do programa se estende pelo Semiárido nordestino e também por Goiás e Rio Grande do Sul.

Nos estados da Paraíba e Pernambuco, o Inovasocial tem atuação em área de 80 quilômetros de raio (com centro em Camalaú-PB), que envolve cerca de 2 mil agricultores familiares que têm a caprinocultura leiteira como atividade. Esta região, que compreende municípios nos territórios no Cariri Paraibano, do Sertão e do Agreste de Pernambuco, é responsável por 30% do volume do leite de cabra produzido no país.

Da Embrapa Caprinos e Ovinos

 

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta