Agricultura familiar: Prazo do Compra Direta Paraná é prorrogado até 4 de maio

Foto: AEN/PR/Divulgação

Os agricultores familiares paranaenses têm até as 12h do dia 4 de maio para apresentar projetos de venda de seus produtos ao Programa Emergencial Compra Direta Paraná. O governo do estado destinou R$ 20 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza para aquisição de mais de 70 itens produzidos pela agricultura familiar, que serão destinados à rede socioassistencial, restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos, hospitais filantrópicos e Centros de Referência em Assistência Social (Cras), entre outros.

Inicialmente, o prazo de elaboração e apresentação dos projetos encerraria no dia 27 de abril. No entanto, o Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, decidiu prorrogá-lo.

O Desan informa também que o prazo para o fornecimento será de três meses, a partir da contratação, com objetivo de beneficiar as entidades beneficiárias com quantidades mais significativas.

O Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional esclarece ainda que os projetos de venda já finalizados não precisam ser refeitos. O ajuste será efetuado automaticamente pelo sistema Compra Direta Paraná.

*Com informações da Agência Estadual de Notícias PR

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta