Com pandemia e maior oferta, preços da laranja recuam em abril, segundo o Cepea

Foto:Embrapa

Em abril, os citricultores do estado de São Paulo intensificaram a colheita de laranjas da safra 2020/21. Ainda que a oferta não tenha sido alta, o volume colhido foi suficiente para pressionar os valores dos cítricos de mesa. Além disso, a demanda também se enfraqueceu no mês passado, devido às indicações de isolamento social diante da pandemia de coronavírus, o que limitou fortemente as vendas de frutas a restaurantes e outros serviços de alimentação.

Segundo colaboradores do Cepea, esse cenário de oferta acima da demanda deve permanecer em maio, o que tem deixado citricultores apreensivos quanto ao comportamento dos preços no próximo mês.

No mês passado, a hamlin foi negociada na média de R$ 25,02/cx de 40,8 kg, na árvore, baixa de 18,7% em relação a março. Para a pera, a média do mês foi 8,15% inferior à de março, fechando a R$ 32,47/cx de 40,8 kg, na árvore.

Do lado da indústria, mesmo com a previsão de maior oferta em maio, o processamento deve permanecer limitado no início do mês, devido à moagem tardia.

Esse cenário, inclusive, faz com que frutas precoces sejam destinadas exclusivamente ao mercado de mesa. Paralelamente, a colheita de tardias (valência, natal e folha murcha) deve se encerrar nas próximas semanas. Quanto à lima ácida tahiti, os preços permaneceram firmes em abril. O fim do pico de safra (janeiro a março) diminuiu a oferta, enquanto a demanda pela fruta seguiu firme. A tahiti teve média mensal de R$ 17,46/cx de 27 kg, colhida, aumento de 39,46% frente a março.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta