Covid-19: Agropecuária perde 580 mil trabalhadores no trimestre encerrado em maio

Foto: Elio Rizzo/AGROemDIA

Da redação//AGROemDIA

O número de pessoas ocupadas na agropecuária brasileira caiu 6,8% no trimestre móvel encerrado em maio deste ano, em comparação a igual período de 2019.  Isso equivale à perda de 580 mil postos de trabalho no setor. A redução é resultado da forte desaceleração da atividade econômica provocada pela pandemia da covid-19.

Em relação ao trimestre móvel imediatamente anterior, a queda no número de pessoas ocupadas na agropecuária foi de 2,1% – equivalente a 173 mil trabalhadores a menos na atividade rural –, no período de março, abril e maio de 2020.

Os dados constam do terceiro relatório de acompanhamento mensal da mão de obra na agropecuária, divulgado nesta quarta-feira 1º pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

Segundo o acompanhamento, feito com base em informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 7,993 milhões de pessoas estavam ocupadas na agropecuária no período de março, abril e maio deste ano.

“É o menor número de ocupados no setor observado para um trimestre desde o início da série histórica da Pnad-C mensal, em 2012”, pontua o levantamento do Cepea.

Abaixo, a íntegra da nota do Cepea:

“Neste terceiro relatório de acompanhamento mensal da mão de obra na agropecuária, utilizando informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE, pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, avaliam o desempenho da população ocupada no setor no trimestre móvel encerrado em maio de 2020.

No período (março-abril-maio), 7,993 milhões de pessoas estavam ocupadas na agropecuária, sendo o menor número de ocupados no setor observado para um trimestre desde o início da série histórica da Pnad-C mensal, em 2012.

Frente ao trimestre móvel imediatamente anterior, a redução foi de 2,1% ou de 173 mil pessoas e, em relação ao mesmo trimestre móvel de 2019, a queda foi de expressivos 6,8%, o equivalente a 580 mil pessoas.

Nesse sentido, o número de ocupados na agropecuária ficou bastante aquém do limite inferior do que pode ser considerado normal, conforme modelo do Cepea.

Esse cenário deve estar atrelado aos possíveis efeitos da pandemia de covid-19 sobre o setor. A população agropecuária observada no trimestre móvel encerrado em maio ficou 4,4% (ou 365 mil pessoas) abaixo do que era esperado para esse período. Esse contingente representa por volta de 4,5% do total de ocupados na agropecuária.

Neste caso, pesquisadores do Cepea ressaltam que é usual observar choques de até 100 mil pessoas entre trimestres – até mesmo choques próximos de 200 mil pessoas já foram verificados, como no trimestre até abril de 2020. Mas, esta foi a primeira vez que o choque ficou superior a 300 mil pessoas, segundo o modelo do Cepea e considerando-se a série histórica da Pnad-C mensal.

Outros setores

Para referência, considerando-se o cenário geral do país, no trimestre móvel encerrado em maio, 85,9 milhões de pessoas estavam ocupadas no Brasil, número 7,5% menor que o de 92,9 milhões de ocupados no mesmo trimestre móvel de 2019 (7 milhões de pessoas a menos).

Em termos setoriais, segundo os dados da Pnad-C, a redução do número de ocupados na agropecuária (508 mil pessoas) ainda é pequena frente a outros setores da economia.

Para as atividades de comércio, serviços domésticos, alojamento e alimentação e construção, as reduções na comparação entre os trimestres móveis de mar-abr-maio/2019 e mar-abr-maio/2020 foram de 1,65 milhão, 1,15 milhão, 1,05 milhão e 1,02 milhão, respectivamente.

Relatórios

As preocupações com o mercado de trabalho do agronegócio diante da covid-19 vão além da agropecuária. Como já destacado em estudos anteriores pelo Cepea, diversos setores agroindustriais podem ser penalizados pela retração da demanda doméstica, com potencial impacto negativo sobre o nível de empregos.

À medida que dados oficiais se tornem disponíveis, o Cepea realizará o acompanhamento dessa situação.”

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta