Agro&Negócio: Investidores dos EUA de olho no agro brasileiro (áudio e vídeo)

Ricardo Wegrzynovski (Weg)*

Ouça a coluna clicando aqui

 Esta semana conversei com investidores norte-americanos que apostam no agronegócio. Estão focados na agricultura dos Estados Unidos e estudando o agro brasileiro. A ideia é investir pesado em startups. As empresas deverão ser registradas nos EUA. Um dos gaps abertos, que nem o Vale do Silício resolveu ainda, é a invenção de um sistema, site, algo assim digital, que contemple os “picadinhos”, que cada startup tem apresentado como solução para o agro.

Em resumo, cada startup tem ficado no seu quadrado, resolvendo, ou apresentando soluções para pequenos e determinados problemas. Falta alguém, ou startups que una “todas” ou quase todas as soluções do agro numa mesma plataforma. É o que dizem esses investidores, e estou falando de gente com muitos zilhões para colocar em tecnologia no agro brasileiro.

MAPS RURAL

Falei rapidamente com um diretor do Waze, que também fica nos Estados Unidos, apesar da empresa ser de Israel. Conversamos sobre o agro e as soluções dos aplicativos de rotas. Ele disse, deixando claro que não estava falando em nome da companhia, que não tem interesse no assunto.

Bom…Quando ele, ou o Waze, menos esperar vai ver o crescimento da startup Agrimapp, que tem um aplicativo exclusivo de rotas focadas para o agro. Afinal, como chegar na sede de uma fazenda que tem 200 km de estrada de chão? Como saber se a estrada está boa? Se tem posto de combustível? Quando o Waze acordar, vai ver a Agrimapp se tornar gigante, e resolver um problema antigo de quem planta o alimento do mundo.

INCÊNDIO

As brigadas de incêndio das fazendas têm se equipado. Inclusive existe uma lei complicada que rege o setor. Com a chegada do tempo seco, especialmente no Sudeste e Centro-Oeste, os canaviais, por exemplo, sofrem com a ameaça iminente dos incêndios, que podem provocar prejuízos para o meio ambiente e as usinas. A Tereos Açúcar & Energia Brasil é um dos exemplos de empresas do setor preocupada com os incêndios. Por isso, tem investido em ferramentas na luta contra o fogo.

Para o controle rápido de focos, a empresa adquiriu caminhonetes leves, equipadas com todos os aparatos necessários para combater incêndios iniciais. Também implantou um aplicativo chamado Checklist de Aceiros. A companhia tem sete unidades industriais de açúcar e energia.

SATÉLITES DA NASA

Desde 2018, a Tereos conta com um sistema de monitoramento feito por meio de 13 satélites meteorológicos operados por agências governamentais (entre elas, a Nasa), que enviam alertas automáticos das ocorrências de incêndio diretamente à central da empresa, o que permite respostas ágeis e controle imediato nas áreas atingidas.

A Tereos é uma das líderes nos mercados de açúcar, álcool/etanol e amidos. O grupo cooperativo Tereos reúne 12.000 agricultores e possui expertise no processamento de beterraba, cana-de-açúcar, cereais e batata. São 48 unidades industriais, operações em 18 países e 22.300 colaboradores. Em 2019/20, teve um faturamento de € 4,5 bilhões. Ok… vamos fazer a conta…. opa… não cabe aqui no visor da calculadora… 4,50 bilhões de euros… vezes R$ 6,00…. fica de tarefa de casa aí pra vocês…

TECNOLOGIA DA PLANTA…NO WEBINAR DA BIOTRIGO

É isso aí mesmo. Esse é o termo… Tecnologia da planta. O pessoal do trigo está atento e tem desenvolvido aplicações específicas para biscoito, massas e diferentes tipos de pães. Com isso, os pães conseguem ter mais volume, melhor característica de processamento etc e tal… Olha só a foto que eles enviaram aqui pra gente. Da até pra sentir o cheirinho do pão quente… Bom… vamos imaginar o cheirinho…Eita delícia.

Mas vamos lá. A notícia é que esse cenário promissor será o tema do Webinar “A qualidade dos trigos nacionais”, promovido pela Biotrigo Genética. Será dia 8 de julho, às 8h30. Interessante das mídias digitais é que normalmente esse tipo de trabalho fica na internet para a posteridade. Então, caso você leia ou fique sabendo após o evento, vale procurar na internet sobre os Webinares da Biotrigo. A inscrição é gratuita e a transmissão será feita ao vivo pelos canais da Biotrigo no YouTube e Facebook.

O Webinar da Biotrigo tem como principal objetivo integrar o setor produtivo e promover a troca de conhecimento Essa será a quarta transmissão promovida pela Biotrigo Genética em 2020.

Foto: Ron Alves/Divulgação Biotrigo

COMMODITIES

Conteúdo agro digital. Perspectivas para Commodities será tema de evento online. As apresentações trarão a visão da StoneX sobre soja, milho, trigo, algodão, açúcar, etanol, café, cacau, câmbio, fertilizantes, petróleo e pecuária.

Para saber mais acesse o site mercadosagricolas.com.br.

LIBERALI EM EXPANSÃO

A mato-grossense Liberali acaba de expandir sua área de atuação no Brasil com a abertura de escritórios em Uberlândia (MG), Luís Eduardo Magalhães (BA), a nossa querida LEM capital do MATOPIBA, e Campinas (SP). A abertura de escritórios em outros estados, de acordo com a diretora de relacionamento da Liberali, Edith Freitas, faz parte do planejamento de expansão da empresa, que conta atualmente com clientes e parceiros em cerca de 20 países. “A Liberali investe em tecnologias e soluções para o segmento do agronegócio. Minas Gerais, Bahia e São Paulo já estavam em nossos planos de expansão e em breve deveremos estar presentes em outras praças.”

A escolha por Minas Gerais, Bahia e São Paulo para dar o pontapé na expansão nacional da Liberali ocorre por se tratar de estados de grande produção agrícola. Uma das soluções da Liberali é sobre a “Gestão do café, no qual é possível o produtor acompanhar  desde a saída do café colhido no campo até a sua chegada ao pátio de descarregamento e packing house, que gerencia todos os processos de pós-colheita de frutas e hortifrutigranjeiros que tenham que ser classificados, embalados e acondicionados em câmaras frias”, explica Edith Freitas.

Mais informações sobre as soluções da Liberali, consulte www.liberali.com.br.

Foto: Rodolfo Vieira/Sta Press

VETOQUINOL EM PRIMEIRO LUGAR

A Top Brands Quality 2020 classificou a Vetoquinol Saúde Animal como campeã na Categoria Portólio de Produtos. A Vetoquinol é uma das 10 maiores empresas de saúde animal do mundo e vem expandindo sua atuação no Brasil. A ideia é se aproximar dos pecuaristas de corte e de leite e dos criadores de equinos e suínos.

A Vetoquinol está entre as 10 maiores indústrias de saúde animal do mundo, com presença na União Europeia, Américas e região Ásia-Pacífico. Grupo independente, projeta, desenvolve e comercializa medicamentos veterinários e suplementos, destinados à produção animal (bovinos e suínos), a animais de companhia (cães e gatos) e para equinos.

Saiba mais: www.vetoquinol.com.br

SAÚDE ANIMAL

As doenças infecciosas em bovinos, como diarreias, mastite, infecções de casco e pneumonias, entre outras, causam sérios prejuízos à produtividade do projeto pecuário, seja no corte ou leite. Isso todos sabemos. Ok. A recomendação para tratamento que é o interessante.

Antonio Coutinho, gerente de produtos de animais de produção da Vetoquinol® Saúde Animal, recomenda tratar as doenças infecciosas com a associação de antibiótico, cuja função é eliminar as bactérias, e anti-inflamatório, que proporciona rápida recuperação do animal. Ele explica: “Essa associação ajuda os animais a se recuperarem com segurança e agilidade. Com isso, retornam mais rapidamente ao processo normal de produção seja de leite ou para corte”.

A associação de princípios ativos também confere alto potencial bactericida, sem risco de resistência, sendo um tratamento seguro e eficaz. “É importante os pecuaristas escolherem soluções que ofereçam benefícios, como menos manejo e maior facilidade de aplicação. A baixa carência, especialmente para os animais de corte em terminação e as vacas de leite em produção, é indispensável e garante tranquilidade em relação ao produto final, ou seja, ponto positivo para segurança alimentar”, ressalta o gerente de produtos da Vetoquinol®.

Foto: Ricardo Weg

AGROPECUÁRIA DO BRASIL DÁ EXEMPLO

O ministro do Meio Ambiente, meu xará Ricardo Salles disse ao jornal Notícias do Dia, de Florianópolis, que a “agropecuária do Brasil dá exemplo”. Segundo ele, o grande problema ambiental do Brasil não está no campo, está nas cidades, pela ausência de saneamento, gestão do lixo, poluição do oceano…afirmou, em referência à pandemia que assola a economia das grandes cidades. Pois bem…

RAMO PLÁSTICO NO AGRO

Mesmo afetados pelos vendavais em Santa Catarina, que levou parte do telhado da indústria, o empolgado empresário do ramo plástico Alexandre Coutinho disse que tem toda a estrutura para expandir seus negócios para o agro. Em especial no desenvolvimento de soluções para irrigação com mangueiras. “Tenho plena capacidade de desenvolvimento de mangueiras, placas, registros entre outros itens.  Estou à disposição, zi o Alexandre Coutinho. Então, quer soluções em mangueiras para a irrigação, fale com o Coutinho, da Dutex. Para saber mais acesse: http://www.dutex.ind.br.

*Jornalista multimídia e consultor de marketing digital voltado ao agronegócio

 Contatos:

 agroemdia@gmail.com

 ricardowegjornalista@gmail.com

 

 

 

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta