ABPA: Myanmar abre mercado para a carne suína do Brasil

Francisco Turra, presidente da ABPA – Foto: Divulgação

A carne suína brasileira ganhou mais um destino. O Myanmar abriu o seu mercado para o produto, anunciou nesta terça-feira 28 a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), com base em informação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).   

“A abertura de mercado já conta, inclusive, com Certificado Sanitário Internacional (CSI) publicado no sistema do  Mapa”, ressalta a ABPA em nota.

Com 53 milhões habitantes, o Myanmar é um mercado em expansão no continente asiático. O país tem uma população jovem e vive um momento de forte expansão econômica – cerca de 7% ao ano na última década.  O consumo per capita médio do país é de 17,5 quilos anuais de carne suína.

De acordo com o presidente da ABPA, Francisco Turra, o Myanmar é uma das nações da Ásia que têm sofrido com perdas causadas pela peste suína africana (PSA), com impacto direto na oferta local de proteína animal.

“Neste contexto, o Brasil, que já é parceiro do país asiático para o abastecimento de carne de frango, agora consolida sua posição também no setor de suínos.  A confiança das autoridades de Myanmar é mais uma chancela à qualidade dos produtos brasileiros”, destaca Turra.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta