Pandemia: Frigoríficos brasileiros seguem protocolos rígidos, diz ABPA; read english version

Reprodução Youtube

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), lançou nesta quinta-feira 30 vídeos em português, inglês e mandarim que apresentam os cuidados adotados pelos frigoríficos em todo o Brasil para a proteção dos colaboradores durante o período de pandemia.

Desenvolvidos pela Agência Capella, os vídeos apresentam os rígidos protocolos em vigor no setor frigorífico para a segurança dos trabalhadores e dos alimentos produzidos. São procedimentos que vão desde o transporte, o acesso aos frigoríficos, vestiários, refeitórios e áreas de descanso dos frigoríficos, além de diversas medidas adotadas nas linhas de produção.

Assista ao vídeo em português:

“Há grande desinformação circulando neste período de pandemia, o que gera julgamentos injustos contra quem trabalha para o abastecimento e a segurança de quem produz.  Estes vídeos buscam mostrar com transparência todos os cuidados tomados na prática, que deixam claro que os frigoríficos são ambientes seguros”, ressalta Francisco Turra, presidente da ABPA.

Conforme o diretor-executivo da entidade, Ricardo Santin, o setor produtivo segue a legislação e hoje tem como parâmetro adicional um protocolo aprovado cientificamente pelo Hospital Israelita Albert Einstein, um guia com 256 páginas de recomendações envolvendo todas as etapas do processo produtivo e todas as instalações das empresas.

“Nosso setor adotou medidas antes mesmo da quarentena no Brasil, intensificando os cuidados que já eram rigorosos em nosso setor. Nosso primeiro protocolo setorial é de 12 de março, um dos primeiros do país.  Desenvolvemos outros quatro protocolos, de acordo com os avanços nas informações disponibilizadas pelos órgãos de saúde nacionais e internacionais, como a ANVISA e a Organização Mundial da Saúde. São regramentos com bases técnicas, alicerçados com a validação de epidemiologistas, que preservam a segurança de quem atua no setor”, ressalta Santin.

Os vídeos estarão disponíveis nas páginas da ABPA no Facebook, Instagram e Twitter, além do canal do Youtube da Associação. As empresas Aurora Alimentos, BRF, CVale, JBS/Seara e SSA colaboraram com a produção dos vídeos.

Veja alguns dos cuidados adotados pelos frigoríficos:

  • Afastamento de todos os colaboradores identificados como grupo de risco, intensificação das ações de vigilância ativa, com o monitoramento da saúde dos funcionários;
  • Adoção de medidas contra aglomerações em restaurantes, transportes e outras áreas. Onde foi verificada a necessidade, até catracas foram extraídas;
  • A cada pausa na produção (diversas vezes ao dia), toda a planta frigorífica é higienizada com desinfetantes apropriados, que também eliminam o coronavírus;
  • Intensificação dos processos de higiene entre os colaboradores;
  • Campanhas de conscientização interna e setorial;
  • Proteção buconasal (máscara cirúrgica), face shield e outros, além dos habituais uniformes, luvas, máscaras e outras camadas de proteção;
  • Barreiras laterais, impedindo contato entre os colaboradores na linha de produção.

Conheça as redes sociais da ABPA

Redes institucionais:

Fb.com/abpabr | instagram.com/abpabr | twitter.com/abpabr | youtube.com/abpabr | linkedin.com/company/abpa/

Redes internacionais:

Fb.com/brazilianchicken | fb.com/brazilianpork | fb.com/brazilianegg

Instagram.com/brazilian.chicken | Instagram.com /brazilian.pork | Instagram.com /brazilian.egg

Redes promocionais

Fb.com/amofrango | fb.com/suinogastro | fb.com/ovotododia

Instagram.com/amo.frango| instagram.com/suíno.gastro | instagram.com/tododia.ovo

READ, BELOW, ENGLISH VERSION:

Youtube Playback

Pandemic: Brazilian slaughterhouses obey strict protocols

Video released by ABPA shows measures in force in establishments; standards were validated by Hospital Israelita Albert Einstein

The Brazilian Association of Animal Protein (ABPA), in partnership with the Brazilian Trade and Investment Promotion Agency (Apex-Brasil), launched on Thursday 30 videos in Portuguese, English and Mandarin that show the care adopted by slaughterhouses throughout Brazil for the protection of employees during the pandemic period.

Developed by Agência Capella, the videos present the strict protocols in force in the slaughterhouse sector for the safety of workers and the food produced. These are procedures ranging from transportation, access to refrigerators, changing rooms, cafeterias and rest areas for refrigerators, in addition to various measures adopted in the production lines.

Watch the video in Portuguese:

“There is great disinformation circulating in this pandemic period, which generates unfair judgments against those who work for the supply and the safety of those who produce. These videos seek to show with transparency all the precautions taken in practice, which make it clear that refrigerators are safe environments ”, points out Francisco Turra, president of ABPA.

According to the executive director of the entity, Ricardo Santin, the productive sector follows the legislation and today has as an additional parameter a protocol scientifically approved by Hospital Israelita Albert Einstein, a guide with 256 pages of recommendations involving all stages of the production process and all company premises.

“Our sector adopted measures even before quarantine in Brazil, intensifying the care that was already rigorous in our sector. Our first sectorial protocol is March 12, one of the first in the country. We have developed four other protocols, according to the advances in information made available by national and international health agencies, such as ANVISA and the World Health Organization. These are rules with technical bases, based on the validation of epidemiologists, which preserve the safety of those operates in the sector ”, emphasizes Santin.

The videos will be available on ABPA’s Facebook, Instagram and Twitter pages, in addition to the Association’s YouTube channel. Aurora Alimentos, BRF, CVale, JBS / Seara and SSA collaborated with the production of the videos.

See some of the precautions adopted by refrigerators:

· Removal of all employees identified as a risk group, intensification of active surveillance actions, with the monitoring of employee health;

· Adoption of measures against agglomerations in restaurants, transport and other areas. Where the need was verified, even turnstiles were extracted;
· At each pause in production (several times a day), the entire refrigeration plant is sanitized with appropriate disinfectants, which also eliminate the coronavirus;
· Intensification of hygiene processes among employees;
· Internal and sector awareness campaigns;
· Buconasal protection (surgical mask), face shield and others, in addition to the usual uniforms, gloves, masks and other layers of protection;
· Side barriers, preventing contact between employees on the production line.

Discover ABPA’s social networks

Institutional networks:
Fb.com/abpabr | instagram.com/abpabr | twitter.com/abpabr | youtube.com/abpabr | linkedin.com/company/abpa/

International networks:
Fb.com/brazilianchicken | fb.com/brazilianpork | fb.com/brazilianeggInstagram.com/brazilian.chicken | Instagram.com /brazilian.pork | Instagram.com /brazilian.egg

Promotional networks
Fb.com/amofrango | fb.com/suinogastro | fb.com/ovotododia
Instagram.com/amo.frango | instagram.com/suíno.gastro | instagram.com/tododia.ovo

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta