Com vendedoras retraídos, preços do milho atingem recorde, diz Cepea

Foto: Tony Oliveira Sistema/CNA/Divulgação

Atentos à colheita, à valorização do dólar, à alta nos preços externos e ao maior ritmo de exportação, produtores brasileiros de milho consultados pelo Cepea seguem afastados das vendas e resistentes em fixar valores do cereal junto a cooperativas e cerealistas. Na maior parte da semana anterior, compradores precisaram ofertar preços maiores para conseguir atrair vendedores e efetivar negócios.

Neste contexto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas/SP) acumula fortes avanços de 2,2% em sete dias e de 20,8% em agosto (até o dia 28), fechando a R$ 60,97/saca de 60 kg nessa sexta-feira 28. Este é o maior valor nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 2004.

Fonte: Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta