Exportações de carne bovina atingem recorde em agosto, diz Abrafrigo

Foto: Pixabay

As exportações brasileiras de carne bovina (in natura e processada) registraram em agosto mais um recorde. O país embarcou 191.141 toneladas do produto no mês passado, com faturamento de US$ 753,2 milhões. Isso representou um aumento de 19% em volume, em relação ao mesmo mês do ano passado, quando as vendas externas foram de 160.938 t. Em valores, a alta foi de 14%, em comparação com os US$ 658,6 milhões alcançados em agosto de 2019.

Os números foram divulgados nesta terça-feira 8 pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), com base em dados do Ministério da Economia. Em agosto, a China importou 108 mil toneladas do produto brasileiro, uma leve redução em relação as 115 mil toneladas movimentadas em julho.

No acumulado do ano, as exportações totais de carne bovina já alcançaram 1 milhão 294 mil toneladas, contra 1 milhão 159 mil toneladas até agosto de 2019, com crescimento de 12%, o equivalente a 139 mil toneladas a mais. A receita atingiu a US$ 5,4 bilhões, contra US$ 4,4 bilhões no mesmo período de 2019, alta de 23%.

Do total exportado pelo Brasil no acumulado do ano, a China sozinha importou 62,4%, levando-se em consideração o produto comprado pelo continente (530.458 t) e o que entrou pela cidade-estado de Hong Kong (212.261 t), somando 742.719 t. Em 2019, no mesmo período, a China importou 448.021 t, sendo responsável por 38%,6% da movimentação total.

A projeção da Abrafrigo é que as exportações em 2020 fiquem acima do crescimento de 12% registrado até agosto, já que os últimos meses do ano costumam apresentar aumento das vendas externas.

Depois da China, o segundo maior cliente do Brasil em agosto foi o Egito, com a importação de 91.529 t (-25,4%). O Chile aparece na terceira posição, com 50.360 t adquiridas (-34,2%). A Rússia ficou em quarto lugar, com 43.177 t (-4,6%), e os Estados Unidos, em quinto, com 34.502 t (+39,7%). O sexto maior importador foram as Filipinas, com 25.660 t (+23,4%), e o sétimo, os Emirados Árabes, com 25.595 t (-58,2%).

Ainda conforme a Abrafrigo, no caso da União Europeia, houve redução nas exportações de carne bovina brasileira para a maioria dos países.  No total, 81 destinos aumentaram as compras do produto até agosto, enquanto 87 diminuíram.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta