“País precisa deixar de se sentir vítima da globalização e seguir o agronegócio”

Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda – Foto: Agência Brasil

Do Broadcast

O Brasil precisa deixar de se sentir uma vítima da globalização e passar a seguir o setor agropecuário que, ao contrário, sabe aproveitar bem as oportunidades que a globalização oferece. A afirmação foi feita pelo secretário de Fazenda do estado de São Paulo e ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao participar nessa sexta-feira 11 de live organizada pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), ao lado dos ex-ministros da Agricultura, Roberto Rodrigues, e da Indústria, Luís Fernando Furlan.

“O agronegócio sabe aproveitar as oportunidades que a globalização oferece”, disse o secretário, para quem o agronegócio e a Embraer, pelo lado industrial, são os maiores cases brasileiros de sucesso no mundo globalizado.

De acordo com Meirelles, o Brasil passa por uma crise profunda em decorrência da pandemia e que vai levar a um déficit de R$ 800 bilhões, mas a tendência é de melhora, especialmente com a possibilidade de ser chegar a uma vacina contra o coronavírus.

Mas falta, segundo o ex-ministro, uma mensagem no sentido de que, após a pandemia, o país vai retomar a disciplina fiscal e que, com o excesso de liquidez no mundo e juros baixos, o Brasil terá condições de atrair investimentos.

“É importante voltarmos a aplicar a disciplina fiscal no Brasil para voltarmos a atrair investimentos do setor privado”, defendeu Meirelles. Para ele o crescimento sustentável virá com os investimentos privados. “A ideia de que o governo é que tem que induzir investimentos já foi aplicada no Brasil e não deu certo”, criticou o ex-ministro.

Segundo Meirelles, o mundo está com bastante liquidez e ele, como secretário da Fazenda de São Paulo, tem sido procurado por grandes fundos de investimentos interessados em investir no país.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta