Nova Zelândia debate influência da tecnologia e cenário pós-pandemia no agro

A Education New Zealand, agência do governo neozelandês para a educação internacional, promove a segunda edição da série de encontros online com acadêmicos e profissionais da Nova Zelândia e do Brasil para debater o futuro pós-pandemia. Desta vez, o evento tem foco nas mudanças do panorama da alimentação e do agronegócio e os desafios do setor agrícola.

A transmissão será em inglês e vai contar com tradução simultânea por meio do aplicativo Zoom. Será conferido certificado de presença ao público que acompanhar o evento, que ocorre das 17h às 18h (Brasília) da terça-feira-feira 29. A participação é gratuita, e as inscrições estão abertas neste link (clique aqui). O canal da Study in New Zealand no YouTube também vai transmitir o evento.

A iniciativa é realizada em parceria com a New Zealand Trade & Enterprise (NZTE), agência para o desenvolvimento do comércio internacional da Nova Zelândia. A mediação do evento será de Nadia Alcantara, gerente de desenvolvimento de negócios da NZTE para o Mercosul. Mestre em Administração pela Universidade de São Paulo (USP) e com especialização em Agribusiness pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Nadia combina a vivência acadêmica com a experiência em agronegócio, apoiando a entrada de empresas da Nova Zelândia nos mercados do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai.

O evento contará com abertura de Diego Leonardo Rodrigues, auditor federal agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil. Rodrigues reside atualmente na Nova Zelândia, onde desenvolve pesquisas em agribusiness. Também haverá participação da convidada especial Mel Poulton, emissária da Nova Zelândia para assuntos de comércio em agricultura, posição criada pelo governo do país para trazer as perspectivas do produtor para as relações comerciais internacionais nas áreas agrícola e de alimentos.

Batizada de Kōrerorero, expressão em Maori – idioma do povo nativo da Nova Zelândia – que significa “conversa, discussão”, a iniciativa promove debates entre pesquisadores das principais universidades do país e representantes da indústria e órgãos governamentais.

Conheça os participantes

Nadia Alcantara – Gerente de desenvolvimento de negócios na New Zealand Trade & Enterprise (NZTE) há mais de 7 anos, apoia empresas da Nova Zelândia a entrar e operar nos mercados do Mercosul: Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Médica Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e Mestre em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), possui especialização em Gestão Estratégica de Agribusiness pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Diego Leonardo Rodrigues – Auditor federal agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil. Pesquisador de doutorado pela Universidade de São Paulo e Massey University na área de saúde animal. Veterinário, Rodrigues tem trabalhado no comércio internacional de produtos animais como agente de compliance e analista. Seu trabalho no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil tem foco no desenvolvimento e execução de sistemas de controle de doenças animais.

Mel Poulton – Emissária da Nova Zelândia para Assuntos de Comércio em Agricultura, associada da Global Farmers Network e Nuffield Scholar. Possui profundo reconhecimento pelas perspectivas de diferentes produtores de alimentos e representantes da indústria agrícola em diferentes partes do mundo. É co-fundadora e presidente do grupo Comunidades Agrícolas Respeitando o Meio Ambiente – organização intersetorial que tem o objetivo de promover soluções agrícolas por meio do engajamento e da ciência.

Hamish Gow – Diretor de inovação e estratégia empresarial da Te Puna Whakatipu: Transformando Negócios Alimentares. É especialista em finanças agrícolas, estratégia e gestão do agronegócio, além de atual líder de projeto da equipe de facilitação de parcerias globais sobre segurança alimentar na Faculdade de Economia e Finanças da Massey University, uma das principais universidades da Nova Zelândia. Nos últimos 20 anos, Gow foi consultor para o desenvolvimento do mercado em mais de 50 países, e trabalhou com organizações como o Banco Mundial, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Hugh Bisby – Diretor da Faculdade de Agribussiness e Comércio da Universidade de Lincoln e especialista em economia florestal. Suas pesquisas englobam o mercado de carbono, sistema de sustentabilidade, marketing de produtos florestais e biossegurança. É membro do Instituto Florestal da Nova Zelândia e possui vasta experiência nos mercados internacionais.

Simon O’Connor – Presidente do Conselho Empresarial América Latina – Nova Zelândia (LANZBC). A LANZBC é a organização empresarial líder no desenvolvimento do comércio entre o país da Oceania e a América Latina. Especialista em projetos de expansão, O’Connor também é gerente-geral de mercados emergentes e inovação na Livestock Improvement Corporation (LIC). Com representação no Brasil e em diversos países da América Latina, a LIC é uma das cooperativas mais antigas da Nova Zelândia e possui um histórico de avanços tecnológicos voltados a aumentar a prosperidade e produtividade da indústria leiteira.

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta