MG: Produtores de leite começam a fechar contratos por kg de sólidos entregue ao laticínio

Awilson Viana, primeiro empresário produtor de leite do Brasil a aderir à nova modalidade de comercialização – Foto: Arquivo pessoal

Da redação//AGROemDIA

O Laticínio Verde Campo, de Minas Gerais, começa a trabalhar com a modalidade de compra de sólidos dos produtores de leite. Com isso, eles agora serão remunerados por quilo de proteína, gordura e lactose entregue ao laticínio e não mais por litros de leite.

A modalidade contempla uma negociação que envolve contrato entre as partes, no qual o preço do quilo de sólidos segue o indexador Cepea médio de MG.

Para participar da modalidade, os produtores precisam estar enquadrados no programa de boas práticas de produção e atender as premissas estabelecidas pelas normativas 76 e 77.

Para os produtores terem a máxima remuneração neste novo modelo, as exigências ótimas ficam com CBT menos do que 50 e CCS menor do que 250.

O empresário produtor de leite Awilson Viana é o primeiro produtor do Brasil com rebanho 100% Jersey e associado da Jersey Minas, do município de Candeias, a entrar nesta nova modalidade de comercialização.

“Entendo que para ambas as partes essa modalidade será muito interessante. Para o laticínio, porque ele passa a comprar o que realmente precisa em sua planta. E para o produtor porque ele passa a contar uma boa remuneração, o que possibilitará que faça investimento mais pesado em alimentação, genética e lógico na raça Jersey, minha paixão”, destaca Awilson.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “MG: Produtores de leite começam a fechar contratos por kg de sólidos entregue ao laticínio

Deixe uma resposta