Resgatados em Portugal brasileiros submetidos a trabalho escravo em fazenda

Foto: SEF/Divulgação

Autoridades portuguesas resgataram um grupo de brasileiros submetido a trabalho análogo à escravidão em uma fazenda na região do Alentejo, no sul do país. Eles foram levados à propriedade rural por um europeu. O homem foi preso, acusado de tráfico de seres humanos e auxílio à imigração ilegal. As informações são da repórter Amanda Lima e foram divulgadas pelo site Agora Europa, projeto de jornalismo colaborativo lançado recentemente por jornalistas gaúchos que moram na Europa.

Segundo o Agora Europa, as vítimas eram atraídas por falsa promessa de viagens de turismo. “Depois de entrarem no país, os imigrantes eram coagidos a trabalharem sem documentos e sem remuneração adequada, de acordo com a investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)”, noticiou Amanda Lima, na última sexta-feira (30).

Na fazenda, as autoridades portuguesas recolheram provas documentais e periciais sobre a atividade criminosa. O suspeito foi interrogado no Tribunal Judicial de Setúbal e teve decretada a prisão preventiva. O SEF não informou o nome e a nacionalidade do acusado.

As vítimas retornaram ao Brasil após prestarem depoimento às autoridades portuguesas.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

Saiba mais: Projeto de jornalismo criado por gaúchos busca dar voz a brasileiros na Europa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta