Com maior oferta, cotações de mandioca seguem em queda

Foto: Vanderlei Santos/Embrapa

Mesmo com o volume ainda irregular de chuvas em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea nos últimos dias, produtores com necessidade de liberar as áreas seguiram colhendo a raiz. Assim, a oferta aumentou nesta semana, mantendo as cotações em queda – o recuo tem sido observado desde meados de outubro e, de lá para cá, já acumula 15%. Outros produtores, por sua vez, decidiram postergar a comercialização para 2021.

Na semana passada, a média nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 468,58/t (R$ 0,8149 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), 2% abaixo da registrada no período anterior.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta