IBGE: Estoque de produtos agrícolas no Brasil cai 17% no 1º semestre de 2020

Foto: Wenderson Araujo/CNA/Divulgação

Do Broadcast

O estoque de produtos agrícolas no Brasil totalizou 52,9 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2020, segundo a Pesquisa de Estoques divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, houve queda de 17,0% em relação ao mesmo período de 2019, quando o estoque somava 63,7 milhões de toneladas de grãos.

Todos os produtos apresentaram queda nos estoques, quando comparados com 30 de junho de 2019, informou o IBGE. As quedas mais expressivas foram as do milho (-28,1%) e do café (-23,0%). O maior volume estocado era de soja (30,8 milhões de toneladas), seguido pelos estoques de milho (13,3 milhões), arroz (4,1 milhões), trigo (1,9 milhão) e café (839,4 mil). Segundo o IBGE, esses produtos constituem 96,2% do total estocado entre os produtos monitorados pela pesquisa.

Além disso, no primeiro semestre de 2020, a capacidade disponível para armazenamento no Brasil foi de 176,5 milhões de toneladas, 0,7% inferior ao semestre imediatamente anterior. O número de estabelecimentos caiu 0,5% em relação ao segundo semestre de 2019, segundo o IBGE. “O Rio Grande do Sul possui o maior número de estabelecimentos de armazenagem (1.920) e o Mato Grosso a maior capacidade (43,8 milhões de toneladas)”, diz a nota divulgada pelo IBGE.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta