Aprovado crédito emergencial para produtores afetados pela seca no Sul do país

Foto: Defesa Civil/RS

Da Reuters

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quarta-feira 23 novas medidas de crédito para o agronegócio, elevando o limite da linha de financiamento para cafezais danificados no âmbito do Funcafé e instituindo uma linha emergencial de crédito para produtores rurais afetados pela seca no Sul do país.

CLIQUE AQUI para mais informações e inscrições no Cadastro Ambiental Rural

Segundo comunicado do Ministério da Economia, o conselho ampliou para até 8 mil reais por hectare o limite de crédito para recuperação de cafezais por meio do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), com o valor total sendo limitado a 400 mil reais por produtor.

No mês passado, o CMN já havia aprovado o aumento do volume de recursos destinados à linha para 160 milhões de reais, em meio aos impactos da seca no país. Na ocasião, o órgão atendeu a pedido de representantes do setor, que também já pleiteavam a elevação do limite da linha para 8 mil reais por hectare.

O ministério apontou a decisão desta quarta como um “complemento ao voto aprovado no mês passado”.

CLIQUE AQUI para mais informações sobre o crédito rural

Produtores gaúchos e catarinenses

Também em função dos problemas climáticos que afetam o país, o CMN instituiu uma linha emergencial de crédito de custeio para produtores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina que tenham sofrido perdas pela seca ou estiagem na safra de verão de 2020.

O crédito será concedido a produtores enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ou no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), disse o CMN.

O órgão colegiado também condicionou o benefício à formalização das perdas ao Proagro ou o acionamento do seguro agrícola pelo produtor entre o início de setembro e o final de dezembro.

Os limites de crédito serão de até 50 mil reais para os beneficiários do Pronaf e de até 300 mil reais para os do Pronamp, com taxas de juros de 4% e 5%, respectivamente. A linha de crédito poderá ser contratada até 15 de fevereiro de 2021.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: