Sempre aos domingos:  Canção Verde – José Cláudio Machado

Da redação//AGROemDIA

Neste último domingo do pandêmico 2020, que caminha apressado para desaparecer na noite de 31 de dezembro, deixando um rastro de lágrimas, cruzes e incertezas pelos rincões mundo afora, o AGROemDIA divide com seus leitores o cantar galponeiro de José Cláudio Machado em Canção Verde, do compositor e também cantor Mauro Moraes.

UTILIDADADE PÚBLICA:  CLIQUE AQUI para fazer a inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O prazo vai até a próxima quinta-feira, dia 31 de dezembro.

José Cláudio Machado (1948-2011) é uma das maiores expressões na música gaúcha. “O José Cláudio é considerado por muitos como o melhor Intérprete terrunho de todos os tempos no Rio Grande”, escreveu Léo Ribeiro, no blog Mundo Gaúcho, no dia da morte do cantor. há nove anos.

UTILIDADADE PÚBLICA: CLIQUE AQUI para saber tudo sobre o plano safra 2020/21: Programas, linhas de crédito, limites de financiamento, juros, prazos de pagamento etc.

Segundo Ribeiro, José Cláudio aliou a estampa gaudéria e a irreverência dos bugres bolicheiros a uma voz de trovão, afinada e retumbante, que acordava e continua acordando as madrugadas campeiras do Rio Grande. “Ele foi o maior intérprete da música galponeira que pisou nesta província rio-grandense”, reforçou.

Canção Verde

José Cláudio Machado

Composição: Mauro Moraes

O meu cavalo sabe onde é a luta sabe escolher o verde que desfruta

Esta colheita amarelida dessas limitações

O meu rebento é quem abriga o gado campo dobrado onde meu sul galopa

Buscando a vida quitandeira das alucinações

 

(Nas fronteiras nuas do arvoredo iluminado

Sempre fica alguma pra chorar do outro lado

Pede por quem perde lá na mata, lá na várzea por aí

Faz com que a procura da textura da madeira

Desabrigue aos poucos o descanso das ovelhas

Força de quem some lá na mata lá na várzea por aí)

 

O meu destino não conhece rédeas não faz de conta nem tem sete léguas

Ele é o amigo mais antigo vizinho ao que faz mal

Meu desafio teme o sombrio das folhas é o que rebanha o fardo sem escolha

Onde despetalar na indefesa a cor da flor integral

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: