Indicador do algodão sobe mais de 13% na parcial do mês e renova máxima nominal

Foto: Abapa/Divulgação

As valorizações do dólar e dos contratos futuros na Bolsa de Nova York (ICE Futures) neste início de ano têm impulsionado as cotações do algodão em pluma no mercado brasileiro. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário favorece a paridade de exportação.

UTILIDADE PÚBLICA: Produtor, CLIQUE AQUI para saber como se inscrever no CAR e garantir acesso ao crédito agrícola e ao seguro rural

Nessa terça-feira 12, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, fechou a R$ 4,3137/lp, o maior, em termos nominais, de toda a série história desse produto, iniciada em julho de 1996. Na parcial deste mês (até o dia 12), o avanço do Indicador é de 13,24%.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: