Preço médio do suíno vivo é o menor desde julho de 2020, diz Cepe

Foto: Lucas Cardoso/Embrapa

Em janeiro, o forte recuo da demanda final por carne suína, tanto no mercado interno quanto no externo, acarretou diminuição da procura da indústria por novos lotes de animais de produção independente. De acordo com pesquisadores do Cepea, essa lentidão nas vendas de suíno vivo foi verificada especialmente nas praças do Sudeste e resultou em quedas generalizadas nos preços do animal para abate ao longo de janeiro.

Diante disso, em algumas regiões, o preço médio do suíno vivo em janeiro chegou ao menor patamar real desde julho de 2020 (a série foi deflacionada pelo IGP-DI de dez/20).

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: