Algodão segue valorizado, mas movimento de alta perde força neste começo de mês

Foto: Abapa/Divulgação

Os valores internos do algodão em pluma seguem atingindo novos recordes nominais, mas a intensidade do movimento de alta se enfraqueceu neste começo de fevereiro.

Segundo pesquisadores do Cepea, isso ocorre porque os valores domésticos se distanciaram dos da paridade de exportação, o que tem afastado compradores do spot nacional e deixado vendedores um pouco mais flexíveis.

No geral, a liquidez está menor, prevalecendo as aquisições “da mão para a boca” no spot nacional – indústrias se mostram preocupadas com o repasse das valorizações da pluma aos produtos finais.

Mesmo assim, o volume ofertado permanece inferior ao demandado. A maioria dos cotonicultores consultados pelo Cepea está com boa parte da produção comprometida.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: