BNDES anuncia linha de armazenagem para empresas cerealistas

Deputado Jerônimo Goergen: Linha de crédito ajudará atenuar falta de armazéns – Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) confirmou a criação de uma linha de financiamento para a construção de armazéns e a ampliação da capacidade de armazenagem das empresas cerealistas.

O BNDES Crédito Cerealistas terá duas modalidades de contratação. A primeira com taxa prefixada de 6% ao ano e equalizada pelo governo federal, com limite de contratação de R$ 200 milhões. A segunda, com recursos livres do banco e taxa pós-fixada, sem limite estipulado para empréstimo em 2021.

Em nota, Goergen diz que vinha articulando a criação do BNDES Crédito Cerealistas há algum tempo, a fim de enfrentar um dos maiores gargalos do setor de grãos: a falta de silos e armazéns.

Conforme a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o déficit por armazenagem é de 70 milhões de tonelada no Brasil “Esse valor só tende a crescer na medida em que o Brasil vem batendo sucessivos recordes na produção de grãos. Temos que investir muito em armazenagem e melhorar nossa logística de estocagem”, destacou o parlamentar.

O programa prevê o financiamento de obras civis, máquinas e equipamentos necessários à construção de armazéns e expansão das estruturas já existentes. O maquinário deverá ser novo e fabricado no Brasil. As linhas vão permitir o financiamento de 100% do valor do projeto e terão prazo de pagamento de até 13 anos, já incluídos três de carência. A amortização poderá ser mensal, semestral ou anual. As solicitações para adesão ao programa poderão ser feitas entre os dias 26 de fevereiro e 25 de junho.

Confira a circular na íntegra

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: