Governo reabre prazo para parcelar débitos do Funrural; deputado quer remissão

Jerônimo Goergen retormará debate sobre projeto que propõe extinção do passivo do Funrural – Foto: Cãmara dos Deputados

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) editou, nesta semana, a Portaria nº 2381/2021, que prorroga as condições para transação excepcional na cobrança da dívida ativa da União, por causa da pandemia causada pelo coronavírus. A medida permite o abatimento de juros e multa dos débitos relativos ao Funrural. O período de adesão ao Programa de Retomada Fiscal vai de 15 de março até 30 de setembro pelo portal “Regularize”. Segundo o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), o valor máximo permitido para renegociação, de 60 salários-mínimos, é baixo e beneficia poucos produtores.

Em nota, o parlamentar ressalta que o alcance limitado da portaria para os débitos referentes ao Funrural reacende o debate sobre a remissão desse passivo bilionário, “que onera milhares de produtores rurais injustamente”.

O deputado disse ainda que vai retomar as articulações sobre o Projeto de Lei 9252/2017, que prevê a extinção da cobrança. Ele lembra que essa foi uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro à classe produtiva.

“Tenho certeza de que esse debate tem espaço na agenda legislativa da nova presidência da Câmara dos Deputados, agora sob o comando de Arthur Lira” (Progressistas-AL).

Programa de Retomada Fiscal

De acordo com a Portaria PGFN nº 2381/2021, fica permitido a negociação, por intermédio do Programa de Retomada Fiscal, de todos os débitos que vierem a ser inscritos em dívida ativa da União até 31 de agosto de 2021.

O programa prevê o alongamento dos prazos de pagamento em até 145 meses e concessão de descontos de até 70%. A medida contempla pessoas físicas, pessoas jurídicas e micro e pequenas empresas, incluindo aquelas que possuem débitos relacionados ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) e Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR).

A expectativa do governo com a reabertura é de, ao menos, alcançar o resultado obtido com o programa em 2020, quando foram negociadas dívidas da ordem de R$ 81 bilhões, em cerca de 270 mil acordos.

Ainda de segundo a portaria, o objetivo é permitir a retomada da atividade produtiva em razão dos efeitos causados na economia pela pandemia de covid-19.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: