Preços da carne bovina se mantêm firmes neste ano

Foto: Abiec/Divulgação

Os preços da carne bovina negociada no mercado atacadista da Grande São Paulo estão relativamente firmes desde o início deste ano – diferentemente do observado para os valores das concorrentes, proteínas suína e de frango, que têm oscilado com certa força nos últimos meses. Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem da oferta restrita de boi gordo pronto para o abate e das exportações aquecidas, fatores que mantêm baixo o volume de carne disponível no mercado brasileiro.

Dados do Cepea mostram que a carcaça casada do boi gordo (formada pelo traseiro, dianteiro e pela ponta de agulha) registra valorização próxima de 10% na parcial deste ano. E esse movimento é puxado especialmente pela alta no preço do dianteiro, de quase 24% em 2021, tendo em vista que a alta no valor do traseiro se limita a 5,9% e a da ponta de agulha, a 12%.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: