Preço do suíno vivo se recupera e volta a patamar de novembro de 2020

Foto: Jairo Backes/Embrapa

As cotações do suíno vivo e da carne continuam em movimento de recuperação em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, especialmente no Sudeste. Com as recentes altas, os preços do animal vivo em algumas praças voltaram aos patamares observados em novembro de 2020 e, no caso da carne, em janeiro de 2021.

Segundo pesquisadores do Cepea, além do bom ritmo das exportações, as temperaturas mais amenas, que favorecem o consumo de carne suína, o auxílio emergencial e a expectativa de flexibilização da quarentena também contribuem para as vendas internas da proteína.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “Preço do suíno vivo se recupera e volta a patamar de novembro de 2020

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: