Embrapa: Índice de custos de produção do leite sobe quase 3% em maio

Foto: depositphotos

Da redação//AGROemDIA

O custo de produção de leite em maio foi de 2,89%. É o que aponta o Índice de Custos de Produção de Leite (ICPLeite/Embrapa), calculado pela Embrapa Gado de Leite. A maior alta ocorreu no grupo sal mineral, que subiu 8,74% em comparação com abril. Conforme a Embrapa, foi o segundo mês consecutivo de aumento dos gastos do pecuarista para produzir leite.

De janeiro maio, o ICPLeite/Embrapa acumulou alta de 12,50%. O grupo produção e compra de volumosos continuou apresentando a maior variação, passando a acumular 21,37% de inflação. Devido aos aumentos verificados nos dois últimos meses, o grupo sal mineral teve a segunda maior alta, de 18,49%.

Leia, abaixo, a íntegra da nota do ICPLeite, com os custos de todos os grupos que compõem o indicador:

ICPLeite registrou variação de 2,89% em maio

“A variação do custo de produção de leite em maio foi 2,89%, conforme o Índice de Custos de Produção de Leite (ICPLeite/Embrapa), calculado pela Embrapa Gado de Leite. Pelo segundo mês consecutivo, a maior alta foi encontrada no grupo sal mineral, que subiu 8,74% em comparação com o mês anterior.

Variação de custos de produção de leite, geral e por grupo. Maio de 2021

Índice geral e grupos Variação no mês (%)

ICPLeite/Embrapa: 2,89

Mão de obra: 0,00

Produção e compra de volumosos: 2,16

Alimentação concentrada: 5,18

Sal mineral: 8,74

Sanidade: 0,27

Reprodução: 0,00

Energia e combustível: 1,42

Qualidade do leite: 0,27

Fonte: Embrapa Gado de Leite

Elevações acentuadas de preços também foram verificadas nos itens que compõem os grupos que se referem à alimentação dos animais, que, por sua vez, têm as maiores participações na ponderação do indicador: alimentação concentrada, que registrou variação de 5,18%, e produção e compra de volumosos, com alta de 1,81%.

ICPLeite/Embrapa. Acumulado no ano 2021

Índice geral e grupos Variação no ano (%)

ICPLeite/Embrapa: 12,50

Mão de obra: 5,45

Produção e compra de volumosos: 21,37

Alimentação concentrada: 13,08

Sal mineral: 18,49

Sanidade: 5,80

Reprodução: 0,00

Energia e combustível: 6,84

Qualidade do leite: 10,04

Fonte: Embrapa Gado de Leite

O item energia e combustível registrou aumento de 1,42%, devido principalmente ao reajuste no preço do etanol, já os grupos sanidade e qualidade do leite registraram variações idênticas, 0,27%. Os grupos mão de obra e reprodução não sofreram alterações.

Nos cinco primeiros meses de 2021, o ICPLeite/Embrapa acumulou alta de 12,50%. O grupo produção e compra de volumosos continuou apresentando a maior variação, passando a acumular 21,37% de inflação. Devido aos aumentos verificados nos dois últimos meses, o grupo sal mineral registrou a segunda maior alta, 18,49%. O grupo alimentação concentrada acumulou 13,08% de inflação, com as constantes altas nos preços da ração formulada e dos grãos. Já a variação dos preços dos combustíveis no mês em questão levou o grupo energia e combustíveis a acumular variação de 6,84%.

Segundo o ICPLeite/Embrapa, a inflação dos últimos 12 meses foi 36,23%. Acumulando 64,53% de alta, o grupo alimentação concentrada seguiu pressionando as margens do produtor, ao lado do grupo produção e compra de volumosos, que registrou alta de 38,65%. Também variando acima de duas casas decimais, os grupos sal mineral e energia e combustível acumularam, em um ano, inflações de 23,82% e 19,55%, respectivamente.”

ICPLeite/Embrapa. Acumulado nos últimos 12 meses

Índice geral e grupos Variação no ano (%)

ICPLeite/Embrapa: 36,23

Mão de obra: 5,45

Produção e compra de volumosos: 38,65

Alimentação concentrada: 64,53

Sal mineral: 23,82

Sanidade: 9,00

Reprodução: 0,56

Energia e combustível: 19,55

Qualidade do leite: 9,69

Fonte: Embrapa Gado de Leite

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: