Com menor produção de laranjas, exportação do suco brasileiro recua

Foto: Pixabay License

As exportações brasileiras de suco de laranja se enfraqueceram na parcial da temporada 2021/22 (julho/21 a novembro/21). Após uma safra 2020/21 com embarques lentos, o movimento esperado pelo setor era de retomada na temporada atual, para recomposição dos estoques das engarrafadoras internacionais. Porém, diante de mais uma produção baixa, os envios externos seguem limitados por mais um ano.

Segundo pesquisadores do Cepea, a reduzida produção da matéria-prima deve resultar em baixos estoques de suco nas processadoras brasileiras no final de 2021/22 (junho de 2022), o que justifica a menor venda externa do produto.

Além disso, agentes industriais indicam que os preços do suco no mercado internacional não reagiram conforme o esperado, contexto que reforça a queda dos embarques.

Deste modo, na parcial da safra (de julho/21 a novembro/21), as exportações de suco de laranja em equivalente concentrado somam 412,80 mil toneladas, 3% abaixo do volume do mesmo período de 2020, de acordo com a Secex.

No Brasil, o mercado de laranja de mesa está lento nesta semana, e os preços continuam em queda. Colaboradores do Cepea apostam em permanência da situação pelo menos até o final do ano, já que, na segunda quinzena de dezembro, a demanda pela fruta é tipicamente mais baixa.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: