Fiscalização de Mato Grosso flagra contrabando de bovinos vindos da Bolívia

Foto: Divulgação/Indea

Do Broadcast

Fiscais do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) flagraram, na semana passada, o ingresso ilegal de boiada proveniente da Bolívia, por meio de fiscalização com um drone na região de fronteira. Ao todo, 126 cabeças de bovinos foram detectadas cruzando a pé a fronteira em direção a uma propriedade rural, na quarta-feira passada (15).

A equipe do Indea foi até a fazenda, acompanhada da Polícia Militar e do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), onde os animais contrabandeados foram encontrados e imediatamente sacrificados, por falta de certificação em saúde animal e protocolo de comércio internacional, diz nota do Indea.

Segundo o médico veterinário da coordenadoria de Defesa Sanitária Animal, João Marcelo Brandini Néspoli, movimentações de gado dessa natureza “colocam em risco a sanidade animal praticada no estado e ignoram a legislação brasileira, que respalda o status sanitário do país (em relação à febre aftosa)”, disse.

Ainda conforme o Indea, a vigilância é fundamental para a segurança sanitária do maior rebanho do Brasil. Mato Grosso tem mais de 32 milhões de bovinos com certificação internacional para comercializar seus produtos para os mercados mais exigentes.

Néspoli destacou ainda que, recentemente, a China retomou a compra da carne brasileira, após a suspensão das importações, em setembro, por causa de dois casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) – conhecida como o “mal da vaca louca” em Mato Grosso e Minas Gerais. “Nós alertamos que o comprometimento e a responsabilidade dos produtores rurais da região são cruciais para prevenir perdas econômicas decorrentes da introdução de doenças erradicadas ou exóticas no Brasil.”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: