Embrapa abre inscrições para curso em pecuária de corte

Foto: Clenio Araujo/Embrapa

Os trabalhos da Embrapa com transferência de tecnologia em pecuária de corte no Tocantins e em estados vizinhos estão passando por uma importante mudança. Antes organizados no formato de um projeto (portanto, com início e fim delimitados), agora o ABC Corte está se transformando num programa.

Mais do que apenas uma alteração em sua identificação, a proposta é que agora esses trabalhos tenham um caráter mais permanente e, a cada safra, continuem colaborando para o avanço da pecuária de corte sustentável em sua região de atuação.

A coordenação continua com o zootecnista Pedro Alcântara, da Embrapa Pesca e Aquicultura; essa unidade da empresa, além de pesquisas e outros trabalhos nas duas áreas que constam em seu nome, atua em sistemas agrícolas da região Centro-Norte do país, incluindo o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

A primeira ação do programa ABC Corte é a realização de curso sobre produção intensiva sustentável de bovinos de corte. Marcado para o período entre 16 de fevereiro deste ano e 31 de julho de 2023, o curso terá vários módulos e capacitará seus participantes em diferentes tecnologias e temas.

O período de pré-inscrição no link https://www.embrapa.br/pesca-e-aquicultura/busca-de-eventos/-/evento/460100/programa-abc-corte—atualizacao-tecnologica-em-producao-intensiva-sustentavel-de-carne-a-pasto vai de 26 de janeiro a 8 de fevereiro. Podem participar profissionais das Ciências Agrárias (como engenheiros agrônomos, médicos veterinários, zootecnistas e técnicos agrícolas) que sejam ligados a instituições ou empresas de consultoria, assistência técnica e extensão rural, tanto públicas como privadas.

A adesão ao programa ocorrerá a cada ano, será coordenada pela Embrapa e operacionalizada pela Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (Faped). Os participantes de um ano poderão se inscrever no ano seguinte, se assim desejarem.

Teoria e prática

Toda a metodologia ABC Corte, que envolve diagnóstico, planejamento e avaliação de sistemas produtivos, norteará tanto as discussões técnicas, como a aplicação prática no campo. A metodologia, como o nome sugere, tem aderência com o Plano ABC, política pública nacional que divulga e incentiva uma agricultura com baixa emissão de carbono.

Os participantes do curso têm como uma de suas obrigações a implantação de ao menos uma Unidade de Referência Tecnológica (URT). É uma área, em propriedade rural participante do programa, onde são aplicadas e acompanhadas tecnologias sustentáveis adaptadas às condições locais. Funciona como vitrine de tecnologias no campo e como referência para que propriedades rurais próximas também apliquem tais tecnologias.

Como parte do programa, os participantes do ABC Corte acompanham dois eventos anuais de atualização tecnológica. A programação desses eventos é construída a partir das demandas reais dos participantes e segue as diretrizes da coordenação. Os produtores atendidos pelos técnicos do ABC Corte também podem participar dos eventos.

Dessa maneira, aliando teoria e prática, o ABC Corte vai colaborando com a evolução da pecuária de corte do Tocantins, do Sudeste paraense e do Nordeste mato-grossense, regiões em que está presente. Agora transformado em programa e com caráter permanente, a perspectiva é de melhorias ainda mais duradouras.

SERVIÇO:

Pré-inscrição para curso sobre produção intensiva sustentável de bovinos de corte

Quando: De 26 de janeiro e 8 de fevereiro

Onde se inscrever: https://www.embrapa.br/pesca-e-aquicultura/busca-de-eventos/-/evento/460100/programa-abc-corte—atualizacao-tecnologica-em-producao-intensiva-sustentavel-de-carne-a-pasto

Mais informações: pedro.alcantara@embrapa.br

Da Embrapa Pesca e Aquicultura

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: