Agentes do setor pecuário estão atentos às condições das pastagens e aos preços

Foto: Embrapa/Divulgação

Nesta época do ano, agentes do setor pecuário nacional reforçam as atenções sobre as condições das pastagens, que começam a ficar deterioradas. Assim, a oferta de animais para abate tende a crescer um pouco neste período, o que, por sua vez, pressiona as cotações da arroba. Tanto que a série do Cepea de 1995 a 2021 mostra que, em média, os valores da arroba recuam 2,5% entre abril e maio no mercado paulista (Indicador CEPEA/B3) – para esse cálculo, foram considerados os valores médios mensais deflacionados pelo IGP-DI março/22.

Na parcial de maio deste ano, a média do Indicador CEPEA/B3 está em R$ 333,38, praticamente estável frente à do mês anterior. Pesquisadores ressaltam, contudo, que este movimento pode se alterar em anos distintos e também em cada região do território nacional.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: