CNI considera equivocada decisão do Banco Central de aumentar os juros

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) considera equivocada a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, anunciada nessa quarta-feira (15), de aumentar a taxa básica de juros (Selic) para 13,25% ao ano.

A taxa básica de juros vem sendo elevada desde março de 2021. “Desde dezembro”, diz a CNI, “a taxa real se encontra em patamar que inibe a atividade econômica. As altas realizadas neste ano resultaram em uma taxa básica de juros real ainda mais elevada e que já era suficiente para desacelerar a inflação nos meses seguintes.”

“Este aumento adicional da taxa de juros no momento é desnecessário para o controle da inflação e trará custos adicionais à economia, como queda do consumo, da produção e do emprego”, afirma o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

O IPCA de maio demonstra que a inflação de bens industriais já começou a desacelerar no Brasil e que esse movimento deve continuar ao longo do segundo semestre devido, principalmente, aos efeitos defasados da elevação da Selic.

Ainda segundo a CNI, outro fator que leva a uma perspectiva de desaceleração da inflação é a estabilização dos preços internacionais das commodities agrícolas e de energia, após incorporação do choque provocado pelo conflito na Ucrânia. “Esse cenário sinaliza que os aumentos de preços de alimentos e de combustíveis não devem se repetir no Brasil ou devem ser significativamente mais baixos nos próximos meses.”

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: