22% dos agricultores familiares e produtores rurais brasileiros passam fome

Reprodução: YouTube

Da redação, com O Joio e O Trigo

A insegurança alimentar no Brasil cresceu não apenas nos centros urbanos, mas também nas áreas de produção agrícola. Segundo o 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, publicado no dia 8 deste mês, a fome atinge 22% dos agricultores familiares e produtores rurais e 18% dos moradores do campo. Para o agrônomo Leonardo Melgarejo, membro da Sociedade Brasileira de Agroecologia, o aumento da fome no campo reflete a eliminação de políticas públicas voltadas à população rural e a prioridade dada pelo governo ao agronegócio.

“O fim das políticas de aquisição de alimentos da agricultura familiar, a inexistência de estoques reguladores e estruturas de mercado desestimularam a produção de alimentos, trazendo inflação e fome”, disse Melgarejo ao site O Joio e O Trigo. “E não é só a fome. Há a violência armada, a expropriação de terras e a volta dos jagunços e das migrações. Pagaremos um preço enorme pelos reflexos humanos deste sucesso do agronegócio exportador.”

Segundo O Joio e O Trigo, os dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil são os piores indicadores desde pelo menos 2004, quando a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE, mediu em 13% a insegurança alimentar grave entre moradores do campo.

Ainda de acordo com O Joio e O Trigo, o índice de insegurança alimentar entre produtores rurais é desproporcionalmente maior no Norte e no Nordeste, mas também houve crescimento da fome entre o segmento nas demais regiões.

“A alta no preço dos alimentos, que chegou rapidamente aos consumidores brasileiros, não foi refletida na mesma proporção em termos de valoração da produção de alimentos entre os produtores, [resultando] em maiores proporções de insegurança alimentar nessas famílias”, registra a pesquisa, conforme o site.

Clique aqui para ler a reportagem completa de O Joio e o Trigo, assinado por Marcos Hermanson Pomar.

Clique aqui para ler a pesquisa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: