Os quatro cavaleiros do “Apocalipse” já estão entre nós, diz Gil Reis

“O aquecimento global e as mudanças climáticas têm sido uma constante há bilhões de anos, diz Gil Reis, consultor em Agronegócio, em artigo publicado no site LeNews. Para ele, isso mostra que é um equívoco responsabilizar a humanidade pelas alterações ambientais vividas pela Terra. (clique aqui para ler a íntegra do artigo)

“De repente, surgem cientistas climáticos vinculados ao braço ambiental da ONU, bem financiados, para nos responsabilizar pelo aquecimento global e alterações climáticas, uma bandeira do “Clube de Roma” utilizada pelos países ditos civilizados para concretizar o neocolonialismo ambiental”, escreve o articulista.

Gil Reis acrescenta: “Felizmente o véu que protegia esses cientistas e suas ‘propostas intelectuais’ está sendo rasgado, sem dó ou piedade, por cientistas muito sérios sem quaisquer vinculações com organizações ambientais ou climáticas”.

Ele lembra ainda que “algumas organizações religiosas aguardam a concretização do ‘apocalipse’ (Revelações) citadas no Evangelho de João na Bíblia Cristã há 2.000 anos.”

“As revelações são profecias que falam da chegada dos quatro cavaleiros do Apocalipse, cada um com um cavalo de cor diferente, que virão à terra concretizar a ‘Ira Divina’ com o comportamento humano e implantarão o Apocalipse. Quais os nomes desses cavaleiros? Peste, Guerra, Morte e Fome. Qual o cavaleiro que ainda não chegou? Que me perdoem os religiosos, o Apocalipse já começou há muito. As Revelações estão cumpridas.”

Para ele, “os fenômenos físicos como terremotos, movimentação das placas tectônicas, maremotos, vulcões, furacões, mudanças climáticas e outras desgraceiras são naturais. Entretanto, o Apocalipse é provocado pelo comportamento humano. Não misturemos os dois.”

 Clique aqui para ler o artigo completo

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: