Arroz: Recuo do dólar favorece negócios no mercado interno

Foto: Irga/Gov. RS/Divulgação

Enquanto o dólar registrou movimento de queda na última semana de julho, pressionando as paridades de exportação e importação, as cotações domésticas do arroz em casca seguiram em alta. Assim, vendedores passaram a demonstrar maior interesse nas negociações internas do cereal em detrimento de novos contratos para exportação no curto prazo.

Segundo pesquisadores do Cepea, apesar desse cenário – que resultou no aumento do número de lotes disponíveis para novas negociações –, orizicultores se mantiveram firmes nos preços pedidos pelo arroz em casca. Já o posicionamento dos compradores divergiu, tanto para atender à demanda interna quanto à externa.

Parte das unidades domésticas de beneficiamento seguiu com a demanda firme, reportando relativa melhora nas vendas do beneficiado na última semana – mesmo sem repassar totalmente os custos da matéria-prima para o preço do produto final –, enquanto outras não demonstraram intenção de compra, devido ao custo elevado e aos bons volumes estocados.

Assim, a média ponderada do estado do Rio Grande do Sul, representada pelo Indicador CEPEA/IRGA-RS (58% de grãos inteiros e pagamento à vista), avançou 0,41% entre 22 e 29 de julho no mercado spot, fechando a sexta-feira, 29, a R$ 77,79/saca de 50 kg. A média mensal de julho foi de R$ 76,36/sc, 5,1% superior à de junho/22, em termos nominais.

Do Cepea 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: