Cai taxa de ocupação na agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura

AAA trabalhador campo
IBGE: 749 mil pessoas perderam seus empregos no setor de maio a julho – ABr

O setor de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura teve redução de 8,5% na taxa de ocupação de maio e julho deste ano, em comparação a igual período de 2016. Com isso, 749 mil pessoas perderam seus empregos neste segmento da atividade econômica nesses três meses. Os números constam da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas.

Apesar da retração dos postos de trabalho na cadeia da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, a taxa de desocupação no Brasil registrou queda de 0,8 pontos, ficando em 12,8% de maio a julho 2017, ante 13,6% em relação ao trimestre fevereiro a abril deste ano.  Na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior (11,6%), houve alta de 1,2 ponto percentual.

A população desocupada (13,3 milhões de pessoas) caiu 5,1% (menos 721 mil pessoas) frente ao trimestre anterior e cresceu 12,5% (mais 1,5 milhão de pessoas) no confronto com igual trimestre de 2016. A população ocupada (90,7 milhões de pessoas) aumentou 1,6% em relação ao trimestre anterior (mais 1,4 milhão pessoas) e não apresentou alteração em relação ao mesmo trimestre de 2016.

Os dados da Pnad Contínua foram divulgados nessa quinta-feira (31) pelo IBGE. Leia mais aqui.

Da redação

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: