Pêssego em conserva de Pelotas quer ampliar mercado

pessego
Setor pede ao governo para incluir frutas nas compras públicas – Paulo Lanzetta/Embrapa

O setor de pêssegos de Pelotas (RS) trabalha para ampliar sua fatia no mercado. Um das propostas para fazer crescer os negócios da cadeia é incluir o pêssego em conserva nas compras de instituições públicas, como escolas, creches, hospitais e Exército. Com isso, os produtores também projetam um aumento no escoamento da produção.

Representantes dos produtores de pêssego, de cooperativas, da indústria de conservas e da Embrapa Clima Temperado (Pelotas) apresentaram a proposta em reunião com o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (Sesan/MDSA), Caio Rocha.

Ele se dispôs a adotar medidas imediatas na Sesan para estimular as compras institucionais com ênfase na aquisição pública de alimentos e colocar os produtos no portal “Compras da Agricultura Familiar” do MDSA. “Estamos estudando a possibilidade de aquisição do escoamento do produto armazenado para que possamos nos preparar com tranquilidade para a próxima safra”, disse Caio Rocha.

Durante a reunião também foram abordadas a aquisição direta do produto, as compras por políticas públicas – como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) –, o acesso a recursos financeiros a juros com taxas reduzidas pelos produtores e a possibilidade de entrada no mercado institucional de São Paulo.

Na avaliação do presidente do Sindicato das Indústrias de Doces e Conservas Alimentícias de Pelotas (Sindocopel), Paulo Crochemore, a reunião foi importante para a região porque poderá aliviar o mercado, garantindo a compra de 100% da próxima safra – com início em pouco mais de um mês – pelas indústrias.

Já o chefe-geral da Embrapa Clima Temperado, Clenio Pillon, assinalou que a iniciativa demonstra a capacidade de articulação institucional do setor e a importância do acesso a políticas públicas que fortalecem e dinamizam a produção agrícola familiar da região sul do Rio Grande do Sul.

Representantes da Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul (Cafsul) e da Associação dos Produtores de Pêssego da Região de Pelotas (APPRP) também estiveram na reunião.

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: