Caixa prorroga pagamento do custeio do arroz

a arroz irga marlise mattos
Marlise Mattos/Irga

A Caixa Econômica Federal aceitou o pedido da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) para prorrogar o pagamento do financiamento de custeio do arroz. Com isso, os arrozeiros que tiveram seus créditos vencidos ou a vencer podem pagar em novembro de 2017, janeiro e fevereiro de 2018. Os produtores precisam protocolar o pedido de prorrogação nas agências do banco.

“A Caixa foi sensível ao momento delicado de mercado por qual passam os orizicultores gaúchos e acatou o pedido da Federarroz para prorrogar os custeios para estas datas”, ressaltou o vice-presidente da Federarroz, Alexandre Velho.

Como a operação não é automática, acrescentou o dirigente da entidade, o produtor que tiver interesse deve procurar sua agência para informar a adesão à prorrogação.

Medida semelhante já havia sido adotada pelo Banco do Brasil durante o mês de setembro. Nesse caso, os produtores têm prazo de adesão até o dia 20 outubro. Eles poderão optar por dividir o pagamento em três vezes (novembro, janeiro e fevereiro) ou por fazer uma operação de Financiamento para Estocagem de Produtos Agropecuários (FEPM) com a garantia de colocar o vencimento para 180 dias.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: