Venda fracionada pode baratear medicamentos para animais

a - cao 17
Foto: EBC

Os produtores rurais, criadores e donos de animais domésticos poderão comprar medicamentos veterinários fracionados em clínicas e pet shops. Proposta aprovada pelo plenário do Senado busca diminuir o preço dos remédios e evitar desperdícios e a automedicação. O texto seguiu para a Câmara dos Deputados.

Relatora do PLC 59/2017, a senadora Lídice da Mata (PSB–BA) estabeleceu, em seu parecer, que as embalagens fracionadas devem conter todas as informações sobre os remédios comercializados, como dosagem, indicação e efeitos colaterais. A divisão deve ser feita pelo médico veterinário responsável pelo estabelecimento.

Lídice da Mata lembrou que a venda fracionada já é adotada nos remédios para seres humanos e defendeu que a iniciativa vai evitar desperdícios e assegurar o acesso a produtos mais baratos nas prateleiras.

Para o autor do projeto de lei, o deputado Ricardo Izar (PP-SP), da mesma maneira que o ser humano enfermo, “o animal não necessita fazer uso de todos os comprimidos ou medicamentos que se encontram em uma embalagem, sendo necessário somente o uso de uma parcela daquele montante, em determinadas circunstâncias”.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “Venda fracionada pode baratear medicamentos para animais

  • 17 de dezembro de 2017 em 21:34
    Permalink

    Maravilha…agora vamos esperar que aprovem…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: